5 dicas para comprar seu próximo smartphone com desconto

Comprar um smartphone mais barato e com ótimos atributos é possível. Mais do que isso, é fácil de conseguir! Ainda mais aqui no Brasil, onde somos viciados em novas tecnologias.

Para você ter uma ideia, temos um pouco mais de 244 milhões de celulares em uso. Esse número deixa o Brasil entre os 10 países que mais possuem linhas móveis no mundo. Outro dado importante é que o Brasil é o terceiro país do mundo que fica mais tempo on-line no celular.

Incrível, não é mesmo? O problema é que os preços, por mais que muitos sejam acessíveis, são geralmente muito altos. Alguns modelos de primeira linha podem custar quase R$ 4 mil. Por isso, vou dar 5 dicas matadoras para você economizar na hora de comprar seu próximo smartphone novinho.

Antes, dê só uma olhada nessas precauções:

O que fazer/evitar antes de comprar um smartphone mais barato?

Pesquisar e ponderar o que é necessário x desejável é importantíssimo para fazer a escolha certa. Procure também experimentar o smartphone em alguma loja física antes de comprar.

Outra dica é pesquisar reviews na internet que detalhem os pontos positivos e negativos do aparelho. Até mesmo conversar com algum conhecido que possua o telefone que você deseja também é muito recomendável.

Além disso, evite compras por impulso e pesquise os melhores preços e condições de pagamentos. Assim fica mais fácil de economizar e acumular riquezas. Com certeza você não se arrependerá.

Agora sim, vamos para as cinco dicas.

1. Comparação de custo x benefício

Será que os celulares mais caros realmente valem o preço sugerido? Você sabe que muitas vezes não. Muitos aparelhos possuem as mesmas funcionalidades, mas preços totalmente diferentes.

Então não se obrigue a ter um celular top de linha com uma maçãzinha na tampa de atrás, como se fosse a única opção possível. Por mais que seja um modelo muito bom e apaixonante, existe sim smartphone mais barato, melhor, mais personalizável, com mais funcionalidades e mais atuais.

Alguns desses modelos tops são extremamente caros por causa da cobrança de impostos e pelo valor agregado da marca. Só por isso.

Então não precisa se esforçar para juntar tanto dinheiro para comprar um Smartphone que irá desvalorizar e ficar defasado dentro de um ou dois anos. Não compensa.

Obviamente não estou dizendo para comprar um aparelho de baixa qualidade. Os dois extremos são desvantajosos: tanto o aparelho muito caro quanto o muito barato.

É necessário apenas ter paciência e ponderar os prós e contras para fazer a escolha certa. Não se afobe e não compre algo por impulso.

2. Promoções e descontos na compra online

Muitas lojas físicas oferecem promoções especiais apenas para suas vendas no e-commerce, com vantagens exclusivas e muito atrativas. Só não se engane com aquela jogada de que a promoção está com um preço imperdível, mas na verdade está no mesmo preço de sempre.

O melhor é acompanhar a variação do preço conforme o tempo. Para isso, existem sites de comparações de preços com linhas cronológicas que mostram a variação do preço de um produto de uma loja.

Assim você poderá saber se a época é boa para realizar a compra ou não. Sei que essa dica não se aplica muito para quem está precisando de um smartphone novo e de última hora. Mesmo assim, vale a dica para qualquer outra situação.

3. Pechinchar o preço à vista com o vendedor

Não dá para esperar até a Black Friday? Tudo bem, existe uma opção que é muito boa para os outros 364 dias do ano.

Por mais que sites possam oferecer descontos especiais e promoções variadas, os vendedores em lojas físicas também possuem uma importante tarefa: vender!

E por isso é muito fácil de pechinchar com vendedores. Até porque, sites de lojas online oferecem ótimas ofertas e, caso eles não cubram, perderão a venda.

Então se quiser um baita desconto, comece aos poucos, perguntando quanto o aparelho sai parcelado no cartão de crédito. Só para identificar em quantas parcelas você pode comprar — sem cobrar juros, obviamente.

Em seguida, veja o desconto que conseguiria no cartão de débito, à vista. Geralmente, nessa hora, o preço já despenca. Ainda mais se você provar ao vendedor que em alguma outra loja ou site possui uma oferta melhor, ele vai ficar doido pra cobrir essa venda.

Em alguns casos, o pagamento no dinheiro vivo pode conseguir um preço ainda melhor (mas isso é mais difícil de acontecer). Vai por mim, essa dica é infalível.

O único problema é ter que se deslocar de loja em loja para pesquisar preço e ver a melhor oportunidade de barganhar um smartphone mais barato.

4. Troca de pontos do cartão de crédito

Muitos cartões de crédito de vários bancos e instituições financeiras possuem programas de pontuação por compras feitas com o cartão. E isso é muito vantajoso, pois muitas pessoas fazem praticamente todos seus pagamentos e compras com o cartão de crédito.

Assim, dá pra acumular muitos pontos e trocá-los por produtos nas lojas conveniadas a esse programa de pontuação. Além dos smartphones, pode trocar os pontos por produtos como TVs, aparelhos elétricos e eletrônicos em geral ou até mesmo milhas aéreas para passagens de avião.

A maior preocupação que você deve ter com essa opção são as taxas de juros cobradas pelas administradoras no caso de atraso do pagamento da fatura. Endividar-se com seu cartão pode deixar seu celular novinho ainda mais caro, então tome cuidado com o cartão de crédito.

5. Sites de programas de fidelidade

Essa é uma opção menos conhecida, porque acaba confundindo com o programa de fidelidade de cartões de crédito (dica anterior). Mas é uma proposta bem diferente.

Ainda em crescimento, alguns sites possuem lojas e sites conveniados a um programa de fidelidade que funciona da seguinte maneira:

  • O programa de fidelidade possui um site e faz convênios com lojas e outros sites de vendas;
  • As lojas conveniadas anunciam suas ofertas no site do programa de fidelidade;
  • Quando um cliente compra uma oferta por meio do site de programa de fidelidade, recebe uma porcentagem do valor da compra de volta.

Exatamente! Parte do valor da sua compra é devolvido. Muitas ofertas podem retornar até 12% do valor da compra. Pode parecer pouco, mas pensando em um celular de R$ 2 mil, por exemplo, teríamos um retorno de até R$ 240.

Assim todo mundo ganha: a loja conveniada que anuncia e vende seu produto; o programa de fidelidade, que é pago pelo anunciante; e o cliente, que recebe uma parte do valor da compra de volta no seu bolso.

5 dicas para comprar seu próximo smartphone com desconto
4.67 (93.33%) 6 votos

Categorias: Iniciante, Cansou de ler sobre investimentos?
Share on FacebookTweet about this on TwitterShare on LinkedInShare on Google+

Empreendedor, Thiago é educador financeiro e assessor de investimentos. Em seu site O Primo Rico e canal homônimo no YouTube, ajuda seus leitores a investirem melhor. Saiba mais: www.oprimorico.com.br

  • RGleyson

    Poderiam citar exemplos deste site de fidelidade do tópico 5 por favor?

  • Monica Zappa

    Thiago, ótimas dicas! Procurar por reviews para saber sobre os pontos positivos e negativos do aparelho é uma ótima dica e dá pra tirar várias dúvidas só nessas leituras. O uso de um cupom de desconto Ponto Frio https://www.saveme.com.br/cupom-desconto/pontofriocom é uma opção vantajosa para quem deseja comprar um novo celular com economia, o desconto pode ir até 40%!