Blog

Artigos na categoria: Intermediário

Já tem conhecimento intermediário sobre o mercado financeiro? Então, leia os nossos conteúdos super didáticos para aprender cada vez mais sobre finanças e o mercado financeiro.

Rentabilidade real: quanto seu dinheiro está realmente rendendo?

Rentabilidade real dos investimentos e aplicações financeiras

Rentabilidade, rendimento ou taxa de retorno é a remuneração que você recebe por deixar seu dinheiro aplicado em algum investimento. O quanto seu dinheiro vai render depende de diversos fatores, como as características do investimento e as condições do mercado.

Quando falamos da rentabilidade de um investimento, quase sempre estamos nos referindo à rentabilidade nominal: uma aplicação que rende 10% ao ano, outra que rende 0,5% ao mês… O que muita gente não leva em conta é que a rentabilidade nominal, na verdade, não diz muita coisa.

Neste artigo você vai entender o conceito de rentabilidade real e saber como analisar quanto seus investimentos estão rendendo de verdade!

Categorias: Iniciante, Intermediário, Planejamento pessoal

Procurando um presente para seu pai? 8 sugestões que fogem ao óbvio

Ueslei de bigode: presente para o Dia dos Pais

Se você já acompanha o blog, sabe que estamos aqui para ajudar você a aliviar suas dores na hora de se planejar para o futuro e usar bem o seu dinheiro.

Pois bem, nossas pesquisas indicam que, no momento, uma grande dor das pessoas está concentrada no futuro muito próximo, o domingo do Dia dos Pais! Mais uma vez chegou a hora de correr atrás de um presente bacana para o velho.

Nós não poderíamos deixar de dar uma ajudinha. Trocamos algumas ideias na equipe e chegamos a uma pequena lista de sugestões de presentes que fogem ao óbvio para compartilhar com você. 

Categorias: Iniciante, Intermediário, Avançado, Cansou de ler sobre investimentos?

Debêntures: o que são e como funcionam

Investir em debêntures: rendimento, riscos etc

O nome não é lá muito amistoso, é verdade. Mas não há motivo para se assustar com elas. As debêntures nada mais são que títulos de dívida de empresas privadas. Quem investe em uma debênture se torna um credor da companhia que emitiu o título, financiando suas operações em troca do pagamento de juros.

Neste artigo você vai conhecer o essencial sobre investir em debêntures. Vamos lá?

Categorias: Iniciante, Intermediário, Debêntures

Reduzimos a aplicação mínima inicial para R$ 2 mil! (válido até 1º/8)

80% de redução na aplicação inicial

Há exatamente um ano, em 25 de julho de 2016, lançamos uma nova maneira de investir, a carteira inteligente. Nesse dia encerramos a fase beta ou de testes, da qual participaram 150 pessoas, e abrimos ao mundo um serviço inovador de gestão automatizada de investimentos.

Hoje já são milhares de pessoas conosco. Elas estão investindo de um jeito mais fácil, inteligente e com menos custos. Ou melhor, elas estão aproveitando o tempo delas como gostam, enquanto a Vérios cuida de tudo!

Juntos, estamos transformando o mercado financeiro, criando novos paradigmas de gestão de investimentos, tecnologia e atendimento.

Para marcar a data, reduzimos a aplicação mínima inicial de R$ 12 mil para R$ 2 mil. Vem com a gente! Simule aqui seu investimento.

Categorias: Iniciante, Intermediário, Avançado, Carteira inteligente, Por dentro da Vérios

Vale a pena resgatar minha previdência privada? Caso 1: VGBL

Previdência privada VGBL: vale a pena resgatar?

Quase todos os dias recebemos perguntas de pessoas que já investem em previdência privada. Apesar de desconfiarem de que o plano não é muito vantajoso, elas se sentem aprisionadas a ele. E então questionam: será que vale a pena sair da minha previdência privada para investir com a Vérios? Quanto dinheiro vou perder ao resgatar?

Faz um tempinho que planejamos iniciar esta série de artigos sobre quando faz sentido (e quando não faz) resgatar a previdência privada, mas sempre esbarramos nas peculiaridades de cada plano. São muitos os detalhes envolvidos, o que dificulta criar uma fórmula “universal” para essa análise.

Na prática, cada caso é um caso! O plano pode ser VGBL ou PGBL; pode cobrar ou não taxa de saída; o regime de tributação pode ser regressivo ou progressivo; o tempo de contribuição pode ser de um, dois, cinco, 10 anos… Todos esses fatores influenciam na decisão.

Neste artigo explicamos o que você deve levar em conta nessa avaliação caso seu plano de previdência privada seja do tipo VGBL. Fazemos também uma análise a partir de um caso real, comparando o desempenho de um fundo de previdência com a carteira inteligente da Vérios.

Categorias: Iniciante, Intermediário, Avançado, Carteira inteligente, Aposentadoria, Fundos de investimento

Deflação: entenda o que é e saiba se ela afeta seus investimentos

Deflação: gráfico da inflação medida pelo IPCA de 2006 a 2017 nos meses de junho

O Brasil tem um histórico de inflação bem peculiar. Basta voltar algumas décadas no tempo para relembrar da chamada “hiperinflação”, ocorrida entre os anos 1980 e 1990. Nesse período, a inflação chegou a ultrapassar (pasmem!) os 80% ao mês, o que significa dizer que um produto poderia quase dobrar de preço de um mês para o outro. Era aquela época em que as etiquetas dos produtos nos supermercados sofriam trocas a todo instante tamanha a instabilidade.

Na prática, a hiperinflação representa uma alta generalizada e contínua dos preços, corroendo o poder de compra dos consumidores. Para se ter uma ideia, entre 1980 e 1989, a inflação média no Brasil bateu 233,5% ao ano. Já na década seguinte, o índice saltou para 499,2% anuais.

Categorias: Iniciante, Intermediário, Avançado, Indicadores econômicos, Economia

Easynvest: conheça a corretora

Guia de Corretoras: Easynvest

Com produtos financeiros dos mais variados, as corretoras de valores ou corretoras de investimento independentes estão ganhando força no mercado oferecendo aplicações financeiras variadas que se destacam frente à oferta dos bancos tradicionais. Neste artigo da série Guia de Corretoras, conheça a Easynvest.

Leia também: Rico: conheça a corretora

Categorias: Iniciante, Intermediário, Avançado

Como decidimos investir todo mês para o futuro da nossa filha

Como decidimos investir para o futuro da nossa filha: foto da família

Aos três meses de idade, a carioquinha Maria Luísa é uma das mais jovens investidoras do Brasil! Poucos dias após chegar ao mundo ela já tinha CPF, conta corrente e uma carteira de investimentos com a Vérios. Ela ainda nem conhece o valor do dinheiro, mas quem disse que isso é um problema?

Maria Luísa tem pais incríveis. Quando ela crescer e decidir que caminhos seguir na vida, terá uma reserva financeira para lhe dar a segurança necessária. Márcio, 33, militar, e sua esposa Flavia, 34, advogada, investem todos os meses uma quantia no nome da filha. A motivação? Garantir que ela tenha acesso a oportunidades que eles não puderam ter. Estudar fora, empreender, viajar… Caberá à Maria Luísa ganhar o mundo. Por enquanto ela já ganhou nosso coração com tanta fofura!

Convidamos seu pai, o Márcio, para contar como ele e a esposa planejaram tudo isso. Inspire-se com a história dessa família!

Categorias: Iniciante, Intermediário, Avançado, Carteira inteligente, Senta que lá vem história, Planejamento pessoal, Por dentro da Vérios

Como são definidos os preços do Tesouro Direto? Parte 3: Tesouro IPCA+

Preço do Tesouro IPCA+ (NTNB)

Agora que já discutimos a formação dos preços do Tesouro Selic e do Tesouro Prefixado, vamos para o caso mais elaborado: a precificação dos títulos do tipo Tesouro IPCA+.

Os títulos Tesouro IPCA garantem um retorno real, ou seja, acima da inflação, desde que os títulos sejam mantidos até o seu vencimento.

Veja também:
Como são definidos os preços do Tesouro Direto? Parte 1: Tesouro Selic
Como são definidos os preços do Tesouro Direto? Parte 2: Tesouro Prefixado

Categorias: Intermediário, Avançado, Títulos públicos

“Ter dinheiro guardado me deu segurança para dar novos passos na carreira”

Vérios Entrevista - Eduardo Castro

Este artigo inaugura uma nova série em nosso blog. Adoramos compartilhar as histórias e trajetórias de aprendizado de quem investe conosco. Algumas dessas pessoas, porém, têm um perfil diferente: especialistas no mercado financeiro, elas são, digamos, fluentes no tal financês! Em tese, não precisariam da ajuda da Vérios para gerir seus investimentos. Ainda assim, elas nos escolheram. Na série de artigos Vérios Entrevista você vai conhecer as motivações, visão de mundo e opinião sobre investimentos de notáveis amigos do nosso robô Ueslei.

Para inaugurar a série, uma entrevista com um mineiro de Belo Horizonte, o economista Eduardo Castro.

Categorias: Iniciante, Intermediário, Avançado, Carteira inteligente, Planejamento pessoal, Economia, Por dentro da Vérios