Blog

Artigos na categoria: Intermediário

Já tem conhecimento intermediário sobre o mercado financeiro? Então, leia os nossos conteúdos super didáticos para aprender cada vez mais sobre finanças e o mercado financeiro.

Next, o banco digital do Bradesco, vale a pena?

Banco Next vale a pena?

Convidamos Maiara Xavier, do canal A Rica Simplicidade, para fazer um review sobre o mais novo banco digital, o Next, lançado em junho. E você, já experimentou? Compartilhe suas impressões nos comentários deste artigo!

Olá, riquezas!

Neste artigo quero falar sobre a novidade que o Bradesco lançou no dia 5 de junho de 2017. Após dois anos de desenvolvimento e um investimento de cerca de R$ 120 milhões, chegou ao mercado o Next, um novo banco digital. Nos últimos anos, o Bradesco já havia investido US$ 1 bilhão em tecnologia, com o intuito de viabilizar esse lançamento.

Acredito que essa iniciativa do Bradesco seja uma tentativa de acompanhar o mercado de fintechs e a popularização das corretoras independentes. Tem ainda o contexto da concorrência comprando grandes corretoras, abocanhando parte importante do mercado. Não resta outra alternativa ao banco senão embarcar nessa. Será que a ideia vai cair no gosto da galera? Vale a pena abrir uma conta no banco Next?

Categorias: Iniciante, Intermediário, Avançado, Planejamento pessoal

Como as carteiras da Vérios se recuperaram após a delação da JBS

Rentabilidade dos diferentes ativos e da carteira da Vérios

Dezoito de maio de 2017, um dia que ficará marcado na história recente do Brasil. O dia após a delação do grupo JBS vir à tona, comprometendo o presidente Michel Temer em um escândalo de corrupção, foi também um dia emblemático para o mercado financeiro. Para a Vérios, esse dia será lembrado por muito tempo como um momento em que nossa estratégia foi posta à prova.

Neste artigo vamos relembrá-lo sobre o impacto dessa notícia no mercado, mostrando a reação isolada de cada um dos tipos de investimento que compõem nossas carteiras diversificadas. Em seguida, traremos exemplos reais para que você possa visualizar como as carteiras foram impactadas nesse cenário extremo e depois caminharam para a recuperação de seu valor.

Categorias: Iniciante, Intermediário, Avançado, Carteira inteligente, Por dentro da Vérios

Trago seu dinheiro de volta: cashback, milhas e mais dicas infalíveis para economizar

Dicas para ter seu dinheiro de volta usando aplicativos e programas de fidelidade

Eu tenho a mania de pedir desconto para tudo! Sempre que penso em comprar alguma coisa ou sair para algum lugar, procuro a melhor relação custo-benefício.

Com o passar do tempo, fui desenvolvendo ainda mais essa característica e acabei me tornando a PECHINCHEIRA que meus amigos mais respeitam!  😀 

Atendendo a pedidos, compartilho aqui no blog da Vérios minhas táticas para economizar e/ou ganhar mais dinheiro com as compras e escolhas de consumo do dia a dia. São dicas que funcionam de verdade comigo, então tenho certeza que elas podem dar super certo pra você também. Basta segui-las!

Categorias: Iniciante, Intermediário, Avançado, Planejamento pessoal, Cansou de ler sobre investimentos?

O mercado de bitcoin hoje: está na hora de investir?

O mercado de bitcoin hoje

O planejador financeiro Carl Richards, que tem no The New York Times uma coluna de aconselhamento financeiro chamada “The Sketch Guy”, anunciou recentemente a sua nova série de artigos: Ask the Sketch Guy, que tem como propósito responder perguntas enviadas diretamente por seus leitores.

Categorias: Iniciante, Intermediário, Avançado, Bitcoin

Investir com a Vérios é automágico! Saiba tudo que fazemos para você não ter nenhum trabalho

Investir com a Vérios é automágico

Ter dinheiro sobrando é bom ou não é? É muito bom!

Mas acredite: fazer sozinho a administração dos próprios investimentos pode ter como efeito colateral uma grande dor de cabeça. E aí já não fica tão bom assim!  🙁

Neste artigo contamos tudo que nós humanos e o robô Ueslei fazemos aqui na Vérios para fazer uma gestão inteligente e automática — ou melhor, automágica! — do dinheiro que você investe. Você vai entender direitinho nosso escopo de atuação e perceber que a nossa preocupação é uma só: deixar você despreocupado! 

Categorias: Iniciante, Intermediário, Avançado, Carteira inteligente, Por dentro da Vérios

Como são definidos os preços do Tesouro Direto? Parte 2: Tesouro Prefixado

Há três tipos de títulos no Tesouro Direto: Tesouro Selic, Tesouro Prefixado e Tesouro IPCA+1. No artigo anterior sobre precificação de títulos públicos explicamos como se determina o preço de um título do tipo Tesouro Selic. Neste artigo, nosso foco será a precificação do segundo tipo, o Tesouro Prefixado, que em termos de complexidade é intermediário entre o Tesouro Selic e o mais complicado dos três, o Tesouro IPCA+ (que será o próximo e último da série de artigos).

Precificação do Tesouro Prefixado

Um título prefixado tem um comportamento muito diferente se comparado a um título pós-fixado, caso do Tesouro Selic. Um prefixado paga na sua data de vencimento um valor nominal predeterminado — daí o nome da classe — ao seu detentor. Por exemplo, se hoje você comprar uma unidade do título Tesouro Prefixado 2019, então você terá direito a receber exatamente R$ 1.000 na data do seu vencimento, o dia 01/01/2019.

Veja também:
Como são definidos os preços do Tesouro Direto? Parte 1: Tesouro Selic
Como são definidos os preços do Tesouro Direto? Parte 3: Tesouro IPCA+

Categorias: Intermediário, Avançado, Títulos públicos

Dividendos: como funciona a distribuição de lucros de empresas listadas em bolsa

Dividendos: saiba tudo sobre o pagamento de dividendos por empresas da bolsa

Quem nunca jogou Banco Imobiliário na infância ou na adolescência e não se lembra da alegria quando seu pino parava na casa “lucros e dividendos”? Como uma espécie de passe de mágica, ganhava-se dinheiro para investir mais em outras propriedades, pagar despesas ou simplesmente deixar em caixa.

Brincadeiras à parte, os dividendos também estão presentes em aplicações financeiras, como ações e fundos imobiliários, por exemplo. Neste texto, vamos focar apenas na distribuição de lucros de empresas com papéis negociados na bolsa de valores, a B3 (antiga BM&FBovespa).

Categorias: Iniciante, Intermediário, Fundos de ações, Ações, ETFs

Como são definidos os preços do Tesouro Direto? Parte 1: Tesouro Selic

Entenda a precificação dos títulos do Tesouro Direto do tipo Tesouro Selic

Em um artigo anterior, sobre o conceito de duration, explicamos o que é um título público, e como o tempo médio até o vencimento de cada título afeta as oscilações no seu valor (ou preço de mercado). Isso gera outras perguntas: como se calculam os preços dos diferentes tipos de títulos? Quais variáveis afetam os preços de cada tipo de título, e de que maneira? Este artigo lida justamente com essas questões.

Há três tipos de títulos no Tesouro Direto: Tesouro Selic, Tesouro Prefixado e Tesouro IPCA+. Neste artigo, que inaugura uma série, explicaremos a precificação do primeiro tipo. Nos próximos artigos, vamos abordar a precificação das outras duas classes de títulos.

Veja também:
Como são definidos os preços do Tesouro Direto? Parte 2: Tesouro Prefixado
Como são definidos os preços do Tesouro Direto? Parte 3: Tesouro IPCA+

Categorias: Intermediário, Avançado, Títulos públicos

Sim, hoje teremos volatilidade

Mensagem sobre a implicação de Michel Temer e Aécio Neves

Compartilhamos aqui no blog a mensagem enviada nesta manhã do dia 18 de maio de 2017 às pessoas que investem com a Vérios.

Bom dia,

Mesmo quem não assiste noticiários já deve estar sabendo dos acontecimentos envolvendo o Presidente Michel Temer nas investigações da Lava Jato. Essa notícia causará alguma turbulência no mercado financeiro nos próximos dias.

Independentemente de qualquer opinião política e qualquer relação direta sua com essa história, seu dinheiro e suas economias estão imersos nesse contexto.

Categorias: Iniciante, Intermediário, Avançado, Carteira inteligente, Por dentro da Vérios

Mercado financeiro: o que é isso?

Sabia que o dinheiro que você tem na conta corrente é usado pelo banco como recurso para concessão de crédito a pessoas físicas e empresas que precisam de empréstimos? Então, quer dizer que a quantia “some” da sua conta? Não. Até porque se você tiver saldo disponível, conseguirá sacar na hora em que precisar. O dinheiro entra numa cadeia de troca de recursos que as instituições financeiras promovem entre si e junto aos clientes. Ficou confuso?

Funciona assim: o João tem recursos sobrando e, por isso, aplica o dinheiro para que ele renda ao longo do tempo. Por outro lado, a empresa XPTO precisa de recursos para comprar máquinas e equipamentos. Portanto, ela buscará um empréstimo. De maneira simplificada, mas bem simplificada, é que o João “empresta” o recurso que tem a mais à empresa XPTO. Claro que esse processo não ocorre diretamente. É necessário ter a participação de um intermediário para criar o elo entre esses agentes.

Nesse caso, o João é poupador ou investidor, enquanto a XPTO é tomadora de recursos. Já o banco funciona como um intermediário para que as transações ocorram. E trocas como essas acontecem a todo o momento num ambiente conhecido como mercado financeiro.

Categorias: Iniciante, Intermediário, Economia