Blog

Artigos na categoria: LCI e LCA

Quer saber mais sobre ou como investir em LCI e LCA? Nós explicamos tudo sobre esta modalidade de investimentos.

FGC limita garantia a R$ 1 milhão por investidor

FGC limita garantia a R$ 1 milhão

O Fundo Garantidor de Créditos (FGC) anunciou, no dia 21/12/2017, uma nova regra que estabelece o teto de R$ 1 milhão por investidor (por CPF) garantidos pelo Fundo. A alteração no regulamento do FGC foi aprovada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). Até então, o Fundo tinha apenas a limitação da garantia em R$ 250 mil por instituição financeira e por CPF, mas sem que houvesse um teto por investidor.

Categorias: Iniciante, Intermediário, Avançado, CDB, LCI e LCA, Poupança

O que é o CDI?

Explicamos o que é o CDI e a taxa DI!

Quem pesquisa sobre investimentos topa com essa bendita sigla o tempo todo! Mas você já parou para pensar sobre o que é o CDI?

CDI significa Certificado de Depósito Interbancário e nada mais é que a taxa de juros pela qual os bancos e demais instituições financeiras emprestam dinheiro uns aos outros. O CDI é definido diariamente e está sempre bem próximo da taxa Selic, a taxa básica de juros da economia.

Categorias: Iniciante, Indicadores econômicos, CDB, LCI e LCA

É seguro investir em LCI e LCA?

é seguro investir em lci e lca?

É inegável que as Letras de Crédito do Agronegócio (LCAs) e Letras de Crédito Imobiliário (LCIs) conquistaram, nos últimos anos, o paladar do investidor pessoa física. Com a combinação de ingredientes que saltam aos olhos, como isenção de Imposto de Renda e mesma segurança que a caderneta de poupança, essas aplicações passaram a figurar entre as mais procuradas nas prateleiras de bancos e corretoras.

O apetite por esses papéis também foi aguçado pelo cenário econômico, marcado por juros altos e inflação elevada. Traduzindo em miúdos: a Selic – taxa básica de juros da economia – reflete diretamente no desempenho do Certificado de Depósito Interfinanceiro (CDI), uma taxa referencial para as aplicações conservadoras, incluindo LCI e LCA.

Categorias: Iniciante, Intermediário, LCI e LCA

Procuram-se informações sobre LCI e LCA

Já explicamos aqui no blog os 8 motivos pelos quais decidimos não incluir as Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e do Agronegócio (LCA) de bancos de segunda linha nas carteiras diversificadas dos nossos clientes.

O primeiro motivo é que não conseguimos saber ao certo o que está por trás desses papéisA embalagem é muito atrativa, com rentabilidade alta, isenção de Imposto de Renda e garantia do FGC. Mas o que há dentro dela?

Telefonei para diversos bancos, emissores e custodiantes de LCI/LCA fazendo uma pergunta muito simples: o que tem dentro desses papéis de crédito? As respostas são assustadoras.

Tenho estudado e acompanhado a oferta de LCI e LCA há algum tempo. Vou compartilhar um resumo do que apurei até o momento para você refletir comigo.

Categorias: Intermediário, Avançado, LCI e LCA

Por que não incluímos LCI/LCA na carteira inteligente da Vérios?

As Letras de Crédito Imobiliário (LCI) e do Agronegócio (LCA) são um tipo de aplicação financeira que se popularizou bastante nos últimos anos. Atrativos como isenção de Imposto de Renda, garantia do FGC e rentabilidade acima da média para renda fixa contribuíram para aumentar a demanda por esses ativos.

Por isso, de vez em quando recebemos esta pergunta: “Por que não tem LCI e/ou LCA na carteira inteligente?”. Se a Vérios criou o serviço de investimento mais inteligente do país, por que deixaria de fora ativos que parecem tão bons?

Categorias: Intermediário, Avançado, Carteira inteligente, Por dentro da Vérios, LCI e LCA

LCI e LCA: o que são e como funcionam

As Letras de Crédito do Agronegócio (LCA) e Letras de Crédito Imobiliário (LCI) estão entre os produtos de investimento mais procurados pelos investidores brasileiros. Trata-se de títulos de renda fixa emitidos por bancos e garantidos por empréstimos concedidos ao setor imobiliário ou do agronegócio.

Neste artigo, vamos explicar o porquê dessa popularidade recente, os riscos e garantias envolvidos e as vantagens e desvantagens desse tipo de investimento.

Categorias: Iniciante, Como funcionam, LCI e LCA

[Planilha] Compare rentabilidades de CDB, LCI, LCA e Tesouro Selic

Qual investimento é melhor: uma LCI que paga 80% do CDI ou o Tesouro Selic (LFT)?

Recebemos questionamentos como esse frequentemente. Quem faz a pergunta geralmente leva em conta apenas a rentabilidade dos títulos.

Categorias: Intermediário, Avançado, Sem categoria, Plano de investimento, CDB, LCI e LCA, Títulos públicos

Conheça um investimento melhor que CDB, LCI e LCA

Se você concentra seus investimentos no banco, em especial em produtos como CDBs, LCI e LCA, saiba que está perdendo a oportunidade de investir melhor seu dinheiro, com diversificação.

Entenda as desvantagens de investir nesses produtos e conheça uma solução inovadora para você investir de forma diversificada – e prática – em títulos públicos do Tesouro Direto e uma pequena parcela de ações.

Categorias: Carteira inteligente, CDB, LCI e LCA

A alta dos juros pode fazer você perder dinheiro na renda fixa

Torre de blocos: o problema do crédito privado

Quando comecei a escrever esse artigo há alguns minutos, ele tinha o título A alta dos juros e a deterioração do crédito privado, mas achei que, com esse título chato, você não ia se interessar a ponto de ler. Sem ler, jamais saberia o risco que hoje ameaça os seus investimentos de renda fixa.

Sim, os de renda fixa. Aqueles que você acha que estão seguros.

Categorias: Intermediário, Indicadores econômicos, Plano de investimento, CDB, Fundos de investimento, LCI e LCA

7 coisas que você não sabia sobre o FGC

Boia salva-vidas: Fundo Garantidor de Créditos (FGC)

Você investe em LCIs, LCAs ou CDBs? Certamente, um dos motivos que o levaram a escolher esses investimentos é a segurança proporcionada pelo Fundo Garantidor de Créditos, o FGC. Essa é a instituição responsável por ressarcir os investidores se o banco emissor quebrar ou der calote.

A garantia oferecida pelo FGC é, atualmente, limitada ao valor de R$ 250 mil por CPF e por instituição financeira. Isso você já deve saber. Mas você faz ideia do saldo de que o Fundo dispõe para honrar com as garantias, em caso de inadimplência do banco? Ou quanto tempo pode demorar para você receber seu dinheiro de volta?

Apuramos algumas informações e curiosidades para você conhecer melhor o garantidor dos seus investimentos em crédito privado.

Categorias: Intermediário, CDB, Tipos de investimentos, LCI e LCA, Poupança