Comecei a entregar pizzas para comprar uma moto. Hoje, invisto todo o meu salário

Conheça a história do Ronaldo

Sempre incentivamos as pessoas que investem com a Vérios a compartilharem suas histórias. Hoje é a vez do Ronaldo, e podemos dizer que é uma das mais inspiradoras que conhecemos. Vamos lá?

Tenho 38 anos, trabalho como assistente administrativo durante o dia e entregador de pizzas à noite.

Sempre me preocupei em gastar só o que tenho e, mesmo assim, deixando uma margem de segurança, uma economia, na poupança mesmo. Sou controlado, compro tudo à vista, não sei parcelar.

Comecei a poupar efetivamente há quatro anos, mas foi por acidente. Eu senti vontade de comprar uma moto de grande cilindrada. Na época eu tinha meu emprego como assistente administrativo em uma empresa. Para conseguir juntar dinheiro para comprar a moto, busquei um segundo emprego como entregador de pizzas.

Voando mais alto

Minha ideia era comprar a moto à vista em pelo menos dois anos, sem recorrer a consórcio ou financiamento para não pagar juros. Passados os dois anos, eu tinha acumulado dinheiro para comprar duas motos.

Com a renda do segundo emprego eu fui vendo que era possível voar mais alto. Segurei e não comprei a moto. Comecei a pensar em comprar um apartamento. Mas ando ouvindo que é besteira comprar apartamento ou casa, que é melhor alugar e tal, então como não entendo muito disso, escolhi investir.

Passados dois anos, eu tinha acumulado o suficiente para comprar duas motos

No começo eu deixava o dinheiro na poupança. Fui conhecendo o Tesouro Direto e cheguei a abrir conta em uma corretora que nem existe mais, mas nunca coloquei um centavo lá. Depois de um tempo, abri conta em outra corretora, a Easynvest, porque ela não cobrava taxa para investir no Tesouro Direto. Até comprei uns títulos, mesmo sem saber o que estava fazendo. Não deu muito certo, eu acabava ficando na poupança mesmo, que era o que eu entendia.

Minha dificuldade foi sempre a falta de conhecimento, seja do mercado, da economia, nas características de cada título… Como saber se estou ganhando? Como saber a diferença entre os títulos? “Se eu deixar o dinheiro nesse título ganho X, se deixar no outro ganho Y”, era isso que eu queria saber. E o mais importante eu também não entendia bem, que era a cobranças de custos e descontos do Imposto de Renda.

O robô que investia automaticamente

Quem me apresentou a Vérios foi o meu irmão. Toda a instrução que eu obtive para sair da poupança, ou pelo menos a maior parte dela, veio dele. Ele é muito mais antenado nas novas tecnologias do que eu. Cada vez que eu falava que meu dinheiro ainda estava na poupança, os ouvidos dele doíam, mas ele me deixava à vontade para buscar informações.

Até que em uma das nossas conversas ele me falou sobre um robô que investia automaticamente. Foi o chamariz perfeito. Me pegaram, viu? Primeiro esperei ele experimentar e ver como funcionava. Aí um belo dia pedi para ele me enviar um convite porque eu queria tirar o dinheiro da poupança e cair de cabeça nos investimentos. Mas ajudou ter visto os ganhos dele no sistema de acompanhamento da Vérios.

A gente paga relativamente pouco pelo óleo do robô, e ele nos ajuda a ter melhores ganhos

Todo o dinheiro que recebo na pizzaria invisto com a Vérios. Ainda não pensei em objetivos para o valor que estou investindo, mas minha vontade é chegar em R$ 500 mil ou no primeiro milhão para poder viajar e talvez ser meu próprio chefe, fazer uma coisa mais gostosa na vida além de ser assistente… Mas não tenho nada definido sobre isso.

Se eu puder deixar um conselho para quem ainda está na poupança, seria o seguinte: acorde para a vida. Comece pelo robô. Não é preciso entender sobre investimentos para isso. A gente paga relativamente pouco pelo óleo dele, e ele nos ajuda a ter melhores ganhos.

Descubra o que você gosta de fazer e tente obter uma renda alternativa com isso para investir. E mesmo se não souber o que gosta de fazer, procure uma renda alternativa, pois o tempo está passando e a saúde é de graça, ou quase de graça, para colocarmos a mão na massa.

***

No primeiro e-mail que nos enviou, o Ronaldo dizia: “Creio que minha história não mereça destaque ou mesmo ser contada.” Uau, ainda bem que convencemos ele do contrário, não é mesmo?!

Depois que ele nos contou tudo, enviamos um e-mail agradecendo e dizendo que sua história tinha cativado toda a equipe. Ele nos respondeu assim:

“Não é querer vender nenhuma história, mas se soubessem o quanto nos empenhamos para ajudar as pessoas ao nosso redor, tentando passar o que estamos aprendendo sobre investimentos, falando da Vérios para todo mundo… Pena que muitos não têm essa pegada de investir, sabe? Mas falamos muito sobre isso. Na minha empresa eu tento educar mais as pessoas… Convido, mas primeiro falo pra fazerem a simulação no site. Aí espero elas me procurarem pra eu saber se querem mesmo investir com a Vérios, porque só tenho quatro convites (risos). Bom, é só pra falar que nós passamos as mensagens que vocês nos passam. E passamos de uma forma gostosa, natural, igual vocês nos passam, sem ser cansativos mas passando a real e importante mensagem que é investir.”

Ronaldo, um abração bem apertado da equipe! Obrigada por ter compartilhado em nosso blog essa história inspiradora. Nosso robô Ueslei tem muito orgulho de ter você como amigo.

Comecei a entregar pizzas para comprar uma moto. Hoje, invisto todo o meu salário
4.8 (96%) 25 votos

Categorias: Iniciante, Intermediário, Avançado, Carteira inteligente, Senta que lá vem história, Por dentro da Vérios
  • É por isso que digo que antes de comprar você deve juntar o dinheiro. O Ronaldo juntou o dobro da grana que precisava. Mas ao invés de torrar num objetivo menor, resolveu mirar mais alto.

    Gastar se endividando é fácil. Mas depois de ver quanto trabalho dá pra acumular uma graninha, vc pensa duas vezes antes de gastar em coisas que não são essenciais. E, se realmente decidir que quer comprar, vá em frente, pois agora sim a grana já é sua de verdade!

    História inspiradora!

    • Ronaldo Minholi Dias

      Felipe, obrigado pelo comentário. Com a ajuda de vocês atingiremos nossas metas com mais eficiência. Obrigado.

  • Bruno Coutinho

    História inspiradora a do Ronaldo. Este sim é um cara inteligente e batalhador, deixando de pagar juros pro banco, para acumular riqueza de forma eficiente! Ronaldo, que você voe cada vez mais longe com esta garra toda! Vai com tudo!

    • Ronaldo Minholi Dias

      Bruno, obrigado pelas palavras. Há coisas que fazemos por hábito, porque aprendemos com nossos pais e avós, que é a parte de economizar, gastar parte do que ganhamos. Só que tem outra parte que não aprendemos com eles, que é maximizar essa economia, gerar mais rendimentos e, como você disse, acumular riqueza de forma eficiente. Acredito que aprenderemos agora com a Verios. Obrigado. #verios #wearetherobots #euinvistocomaverios

  • Helcio Bianchi

    Um pensamento que eu tenho comigo é que se o rio é forte, as águas encontram naturalmente o caminho para o mar. O principal ele já tinha que era ambição, vontade de trabalhar, postura do esforço, da poupança, do planejamento, vontade de construir algo… os detalhes acontecem pelo caminho e são particulares e únicos de cada jornada. Boa sorte!

    • Ronaldo Minholi Dias

      Helcio obrigado pelo comentário. Concordo contigo em tudo. Sucesso pra você também.

  • Ronaldo Minholi Dias
    • Isabella Paschuini

      Uaaau! E que capacete maneiro! #VériosNaCabeça

      • Ronaldo Minholi Dias

        ahahah obrigado Isa… é segurança na cabeça… #VériosNaCabeça