Investimento no exterior: fundo CSHG Global Equities IE

Os  últimos  doze  meses  ficaram  marcados  pela  volatilidade  de  praticamente  todos  os investimentos locais, desde a renda fixa tradicional até os investimentos em renda variável. O Ibovespa, por exemplo, perdeu pouco mais de 15% do seu valor. Nesse cenário, ganharam visibilidade as opções de investimento no exterior.

Pode parecer uma alternativa fora do alcance para o investidor brasileiro, pois muitos pensam que são necessários trâmites exaustivos para remeter os recursos para fora do país. Mas a verdade é que existem opções de fundos no Brasil que investem no exterior, sem impor nenhuma burocracia adicional aos cotistas.

Em 2013, esses fundos locais com estratégias de investimento internacional estiveram entre os mais rentáveis do ano, pois estão aproveitando a fase de recuperação das economias de países desenvolvidos, com destaque para os Estados Unidos, e a valorização do dólar.

Um dos fundos que mais se destacou nesta categoria foi o CSHG Global Equities IE de gestão da Credit-Suisse Hedging Griffo (CSHG).

Sobre a CSHG

A Credit Suisse é uma das mais tradicionais instituições financeiras do mundo, com cerca de 1 trilhão de dólares sob administração em mais de 80 países.

Hoje, a CSHG é uma das maiores gestoras e administradoras de recursos do país com mais de R$ 94 bilhões¹ sob administração e gestão

No Brasil, o banco inicia as suas atividades em 1990 e em 1998 adquire o Banco Garantia, tornando-se o maior banco de investimentos do país. A expansão segue com a compra da gestora Hedging Griffo em 2006.

Hoje, a CSHG é uma das maiores gestoras e administradoras de recursos do país com mais de R$ 94 bilhões¹ sob administração e gestão. Ela é responsável pelo CSHG Verde, grande destaque na indústria de multimercados do Brasil. O patrimônio líquido da família de fundos Verde supera hoje os R$ 14 bilhões² com uma performance histórica consistente de 700% do CDI ao longo de 17 anos de existência.

Sobre o CSHG Global Equities IE

Assim como os demais fundos da CSHG a gestão é comandada por Luis Stuhlberger, um dos mais renomados gestores do mercado brasileiro.

A estratégia de investimento do fundo aplica a expertise em gestão de ativos globais adquirida pela gestora desde 2002.

É um produto criado para o mercado local (em reais), com foco de investimento em ações internacionais. O horizonte de investimento é de longo prazo e a seleção de empresas é baseada em análise fundamentalista.

A estratégia de investimento do fundo aplica a expertise em gestão de ativos globais adquirida pela gestora desde 2002

O escopo de investimento do fundo compreende todo universo de empresas globais com administração consistente, geração de caixa, previsibilidade e ações com liquidez. Vale inclusive comentar que, mesmo em cenários de crise, a gestão de ações internacionais tem se destacado ano após ano de forma positiva, com relevante contribuição de performance aos fundos.

O objetivo do fundo é gerar retornos absolutos no longo prazo afim de superar o MSCI All Country World Index, convertido em reais pela taxa de câmbio divulgada pela BM&FBovespa.

Ficha técnica do fundo

Nome
CSHG Global Equities FIM IE
Categoria Anbima
Multimercados Multiestratégia
Taxa de administração
1,5% ao ano
Taxa de performance
10% do que exceder o M1WD
Prazo de resgate
D+7
Documentos
Lâmina Regulamento

1 Fonte de dados: CSHG, atualizados até janeiro de 2014
2 Fonte de dados: CVM e Comparação de Fundos

Categorias: Fundos de investimento, Fundos multimercados