Postado em: Destaques, Por dentro da Vérios, Por dentro da Vérios>Senta que lá vem históriaPor:
11 de Abril de 2018 Ultima atualização: 17 de agosto de 2018

“Não me preocupo onde investir, a Vérios faz isso pra mim”

11 de Abril de 2018

Hoje trazemos a história do Samuel narrada por ele mesmo. O hábito de poupar esteve presente desde a infância. Mas o caminho até ele ficar satisfeito com seus investimentos foi repleto de experiências frustrantes com o banco. Antes de chegar à Vérios, Samuel já tinha aplicado dinheiro na poupança, em título de capitalização e em previdência privada, onde ele descobriu que pagava taxas muito altas. Nós adoramos conhecer a trajetória do Samuel, você também vai gostar. Boa leitura!

Eu me recordo perfeitamente a cena do meu pai controlando as finanças da nossa família. Sentado à mesa de jantar, com um caderno onde fazia suas anotações, cercado por muitos papéis. Quase todo final de semana ele seguia o mesmo ritual. Com meu pai, aprendi que o dinheiro precisa ser controlado com carinho e de perto.

Aos oito anos de idade, meus pais passaram a me dar uma mesada. Era uma quantia simbólica, mas eu deveria administrar bem a mesada, fazer com que ela renda durante todo o mês. Foi assim que comecei a entender que é preciso priorizar os desejos. Lembro que eu terminava o mês com alguns centavos que eu guardava em uma porquinha que ganhei da minha tia. Tenho a porquinha até hoje.

Porquinha do Samuel
Samuel e a porquinha que ganhou da tia aos oito anos de idade — ele guarda o cofrinho como recordação até hoje!

Com o passar dos anos, meus pais foram aumentando a minha mesada. Consequentemente, eu conseguia guardar um pouco mais todo mês, o que me permitia comprar algumas coisas de maior valor e fazer pequenos passeios pela região onde morávamos, em Ribeirão Preto (SP).

Da poupança para o título de capitalização

Aos 15 anos, vendi minha bicicleta com a ideia de utilizar o dinheiro da venda para comprar uma nova. Mas meu pai disse que não seria necessário, que eu poderia ficar com o dinheiro da venda da bicicleta. Minha decisão foi de guardar o dinheiro, então pedi a meu pai que abrisse uma conta poupança pra mim, e esse foi o meu primeiro investimento.

Somente aos meus 20 anos, quando um banco entrou em contato me oferecendo algumas “novas” opções de  investimento, que comecei a conhecer um mar de opções que não sabia que existiam. Abri a conta no banco e apliquei uma parte do dinheiro que tinha na poupança para começar, mas infelizmente dentro das sugestões havia o famoso e terrível título de capitalização e eu acabei aceitando. Depois me arrependi, pois descobri que havia outras aplicações muito mais rentáveis.

Acredito que o título de capitalização foi meu primeiro erro ao investir meu dinheiro. Infelizmente, não foi o último, mas carrego essas situações como aprendizado, não me arrependo de nada.

A frustração com a previdência privada

Entre 2012 e 2013, decidi que seria importante ter uma reserva para complementar minha aposentadoria. Ao falar com meu gerente do banco, ele indicou uma previdência privada e eu aceitei.

Algum tempo depois, descobri que havia uma taxa de carregamento, que de forma resumida é um percentual de desconto feito a cada depósito realizado. Ao questionar, me disseram que todas as previdências oferecidas pelo banco possuíam essa taxa, ou seja, além da taxa de administração, que era alta, eu também deixava para o banco parte do dinheiro que depositava todos os meses (sim, perdi dinheiro). O sentimento era de frustração.

“Ueslei, você é o cara”

Alguns anos depois, minha esposa compartilhou um artigo falando de uma empresa que ajudava as pessoas a investirem melhor (Ueslei, você é o cara), de forma segura e prática, com muita transparência.

Ficamos muito interessados na Vérios e começamos a ler vários materiais do próprio site deles, obtendo informações não só da plataforma, mas também de cenários econômicos, comparativos etc. Depois desse tempo de “namoro”, fiz meu primeiro depósito. Todo o processo foi muito rápido e prático, todo online, fantástico, amei!

Atualmente possuo uma carteira diversificada e gerenciada de uma forma simples, clara e confiável. Não tenho que me preocupar onde investir para manter a carteira equilibrada, a Vérios faz isso pra mim. Além disso, possuem uma equipe muito atenciosa e qualificada que está sempre a disposição para tirar alguma dúvida ou passar alguma informação.

Vérios, obrigado por me ajudar a organizar meus investimentos para minha aposentadoria.

Samuel, nós é que agradecemos por você ter compartilhado sua história e, assim, inspirado outras pessoas. Muito obrigada e parabéns pela disciplina e determinação que te acompanharam desde a infância!

Equipe Vérios

Este artigo foi útil para você?
“Não me preocupo onde investir, a Vérios faz isso pra mim”
5 (100%) 4 votes

Compartilhe:
11 de Abril de 2018
Ultima atualização: 17 de agosto de 2018

Você pode gostar também…

2172014 min de leitura

Como ganhei mais tempo e qualidade de vida “automatizando” rotinas

Quanto mais a gente pratica uma atividade no dia a dia, mais fácil é continuar repetindo ela. Inversamente, quanto mais nos habituamos a algum vício, mais difícil ...

Continue lendo
865147 min de leitura

Rentabilidade da Vérios em 2017

É muito comum no mercado financeiro que as gestoras divulguem os resultados de seus produtos do ano anterior. Na Vérios não concordamos muito com isso, pelo simples m...

Continue lendo
17984414 min de leitura

Taxa de administração e outros custos ao investir: tire suas dúvidas

Investir é transferir o seu dinheiro do presente para o futuro, e existem diversas maneiras de fazer isso. Todas elas, porém, têm um ponto em comum: custos. Afinal, n...

Continue lendo

Comentários