Postado em: Avançado, Iniciante, Intermediário Por:
26 de Janeiro de 2017 Ultima atualização: 17 de agosto de 2018

O que aconteceu quando assinei o relatório da Empiricus

26 de Janeiro de 2017

Um leitor nos reportou sua experiência de investimento ao assinar o relatório da consultoria financeira Empiricus Research. Ele concordou em compartilhar sua história aqui no blog, desde que não divulgássemos sua identidade. Por isso, usamos um nome fictício.

Primeiro, vou me apresentar. Moro em São Paulo e trabalho com tecnologia e sistemas. Mas admito que na hora de cuidar do meu dinheiro não sou lá muito sistemático. Todo mês eu gasto mais do que gostaria e poupo menos do que gostaria.

Também não sou nenhum expert no mercado financeiro. Tudo que sei foi pesquisando sobre investimentos na internet e fazendo algumas pequenas aplicações no Tesouro Direto.

Escrevi esse texto para compartilhar minha experiência ao assinar um relatório da Empiricus que me oferecia a chance de transformar R$ 1.500 em R$ 227.000 em 30 dias.

Quando decidi assinar o relatório da Empiricus

Há algum tempo me cadastrei para receber os boletins da Empiricus. Quase todos os dias recebo e-mails com ofertas que parecem muito boas pra quem quer ganhar dinheiro fácil e rápido, por exemplo:

E-mails dos relatórios Empiricus

Foi justamente esse último e-mail que me comprou. Ou melhor, que eu acabei comprando.

A mensagem contava o caso de uma sequência de operações com opções recomendadas pelos relatórios da Empiricus que fez com que os R$ 1.500 aplicados inicialmente se transformassem em R$ 227.000!!!

Pedi a opinião de alguns colegas que entendem do mercado financeiro sobre essa estratégia (inclusive de colegas da Vérios, os mesmos que me ofereceram publicar a minha história se eu quisesse).

Todos me desincentivaram de comprar o relatório. Disseram que seria melhor juntar uma reserva de emergência antes de investir em opções; que é muito arriscado; que as chances de perder tudo são imensas; que é um cassino, não é investimento, etc.

Eu estava ainda refletindo se deveria assinar ou não, foi quando recebi um aviso de que a oferta iria se encerrar:

Assunto do e-mail: Últimas horas!

Então decidi assinar logo. Por sinal, a Empiricus é muito boa nisso. Tinha até um cronômetro de contagem regressiva dentro do e-mail me botando pressão.

Voltei ao site que explicava a operação (nesse link).

Texto introdutório da página de oferta do relatório de opções Empiricus

Fiz um contorno nas partes que foram decisivas pra mim. Eu nunca tinha investido na bolsa. Eu tinha R$ 1.500. Eu queria transformar meus R$ 1.500 em R$ 227.000. Quem não quer?

Pra ser justo, eu devo informar que um pouco antes dessa parte havia um aviso sobre a operação envolver riscos. Ele não especificava a que tipos de riscos eu estava sujeito nem quanto eu poderia perder. De qualquer modo, parecia bom demais pra ser verdade.

Decidi pagar pra ver. Literalmente! Assinei o relatório “Estratégias com opções” por R$ 3.480,00 (12 x R$ 290) no dia 15/09/2016.

Fiquei um pouco incomodado com o fato de o valor da assinatura do relatório (R$ 3.480) ser mais que o dobro do valor que foi sugerido que eu investisse (R$ 1.500). Mas se os ganhos fossem da ordem dos R$ 227.000, o que seriam R$ 3.480? Mixaria.

Também achei estranho este trecho:

“Se você é uma pessoa que combina cautela financeira com a possibilidade de ver seu patrimônio se multiplicar (…)”

Digamos que é um tanto paradoxal…

Na real, já percebi que todos os e-mails da Empiricus são bem persuasivos. É tipo horóscopo: escrevem de um jeito que não dá para discordar. A empresa é boa nisso. Quem em sã consciência não aceitaria uma oferta para transformar R$ 1.500 em R$ 227.000?

Fui anotando tudo que aconteceu enquanto eu ainda tinha dinheiro para aplicar nessa estratégia. Agora que já se passaram alguns meses, vou contar com o máximo de detalhes que eu lembrar como foi essa experiência.

Diário da execução da estratégia

Dia 1: 15/09/2016

Assinei o relatório e transferi os R$ 1.500 para a minha conta na corretora. Recebi logo depois o acesso para a área logada no site da Empiricus.

Comecei a ler os vários textos que recebi por e-mail e, pra ser sincero, sofri um pouco. O que me foi vendido é que eu teria acesso a uma estratégia que faria multiplicar meu patrimônio, mas recebi uma enxurrada de conteúdos que não eram realmente o que eu queria.

Em todos os textos que li e vídeos a que assisti dentro do site não foi citada a tal “estratégia dos R$ 1.500 em R$ 227.000” em nenhum momento.

Li o Guia Alpha Omega, que parece ser o guia para quem está começando no curso de opções, e fiquei um pouco assustado. Surgiram termos desconhecidos como “venda coberta de calls”, “venda coberta de puts” e “strikes”.

Fiquei um pouco assustado com termos desconhecidos como “venda coberta de calls”, “venda coberta de puts” e “strikes”

Eles apontavam cada vez mais e mais conteúdos, e eu ficava com aquela sensação de que iria morrer afogado em textos antes de conseguir fazer uma única operação. Admito que bateu um pouco de medo também. Não saquei muito bem quando eu devo ou não ter as ações para poder operar com opções.

Acabei tirando algumas dessas dúvidas com amigos. Como não tinha tempo pra ler tanta coisa, estudei o básico sobre opções. Dei uma olhada no sistema da corretora, imaginei que não teria muita dificuldade para efetuar as operações.

Fiquei naquela ansiedade, aguardando as orientações do que fazer.

Dia 2: 16/09/2016

No meu segundo dia como assinante chegou um alerta por e-mail falando para comprar opções da Braskem, empresa da qual eu admito que nunca ouvi falar na vida. Dei uma pesquisada no Google e descobri que é algo relacionado a petróleo e plástico. Pelo que entendi, eu ganharia dinheiro se a ação da Braskem valorizasse até dezembro.

O alerta mandava comprar uma opção BRKML57 com preço-alvo entre R$ 1,08 e R$ 1,20. Melhor comprar a R$ 1,08, o preço mais barato, eu pensei. Entrei no site da corretora para dar a ordem de compra, mas o preço estava R$ 1,26 e a opção estava subindo quase 700% no dia. Salvei o print da tela da corretora:

Cotação da opção da Braskem subindo quase 700%

Na hora que vi isso, pensei: os caras são bons mesmo! Acertaram que a opção ia subir!

Só que eu não me beneficiei dessa alta. Não pude comprar a opção, já que o preço estava acima do recomendado pelo relatório. De qualquer forma deixei lá a minha ordem para compra quando o preço chegasse a R$ 1,20, o preço máximo recomendado no alerta.

Conversei com meus amigos mais entendidos e eles ficaram curiosos para saber mais sobre a operação. Um deles viu que o último negócio realizado com a opção da Braskem antes do alerta da Empiricus tinha sido há mais de mês, e o preço era R$ 0,16. Apenas 16 centavos! Após a recomendação, houve um ou outro negócio a R$ 1,08 e todos os outros entre R$ 1,20 e R$ 1,30. Ou seja, aparentemente a maior parte dos assinantes, como eu, não deve ter ganhado com essa valorização.

Outro amigo comentou como era grande o volume de dinheiro na opção naquele dia: mais de R$ 1 milhão aplicados nessa estratégia. Devem ser muitos os seguidores da Empiricus, ele falou. Nessa hora eu perguntei para ele: se todo mundo está querendo comprar essa opção da Braskem, quem está vendendo? Quem está do outro lado da operação? Mas ele me disse que não dá para saber, é confidencial.

Acabou que o mercado fechou e eu não consegui comprar as opções no dia 16/9. E como era uma sexta-feira, teria que esperar até segunda para tentar fazer minha primeira operação…

Dia 5: 19/09/2016

Eu estava determinado a seguir à risca a operação recomendada pelo relatório, não queria perder mais nenhuma oportunidade.

Então assim que o mercado abriu coloquei a ordem de compra novamente, e algum tempo depois enfim recebi o e-mail de confirmação:

Comprovante de compra das opções da Braskem

Fiquei satisfeito que consegui seguir a operação. Mas durou pouco.

Parece que só porque eu comprei, o valor começou a cair.

Durante a semana, meus R$ 1.500 viraram R$ 1.400, R$ 1.200… Tem que ter sangue de barata pra ver a grana derretendo e não desistir. Achei que eu fosse perder tudo logo ali.

Nessa hora eu pensei: onde eu estava com a cabeça quando assinei esse relatório da Empiricus?

Até o…

Dia 14: 28/09/2016

Esse dia foi muito louco. Abri o home-broker sem muita expectativa, como vinha fazendo todo dia, já preparado para o pior. Mas a cotação da minha opção estava subindo. Subindo muito!

Meus R$ 1.500 agora tinham virado R$ 1.700, até chegaram a R$ 1.800.

Pesquisei sobre a Braskem na internet para saber o que estava acontecendo e só vi umas notícias sobre a empresa estar envolvida na Operação Lava Jato. Achei que por conta disso a opção deveria cair, não subir. O mercado financeiro é bem confuso mesmo.

Enfim, voltei a ter um pouco de esperança. Fiquei muito animado, pra ser sincero. Pensei que pelo menos saí do prejuízo e o relatório estava se pagando (ele custa R$ 290 por mês).

Comecei a ver os R$ 227.000 lá na frente e já estava pensando em pra onde eu viajaria nas férias com essa grana. Eu já estava “viajando” mesmo.

Quando eu estava me empolgando, chegou um alerta de desmontagem de posição. Opa!

Agora a recomendação é que eu deveria vender minhas opções da Braskem com um preço entre R$ 1,40 e R$ 1,53.

Aham. Não caio mais nessa, não, foi o que pensei na hora. Fui correndo abrir o site da corretora, mas já imaginava que não daria para vender pelo preço maior, R$ 1,53, pois… todo mundo tinha recebido o mesmo e-mail que eu! Não sou especial.

Coloquei a ordem de venda por R$ 1,40. Demorou um tempo, mas minha operação foi feita:

Comprovante da venda das opções da Braskem

Resultado da primeira operação:

Vendi por R$ 1.669,34 os ativos que havia comprado por R$ 1.450,34. Tive um lucro de R$ 219.

Foi legal ter tido esse ganho, mas ele ainda estava bem distante dos R$ 227.000… Pelas minhas contas, eu precisaria de mais umas 37 operações com esse lucro para chegar lá.

Dia 23: 7/10/2016

Após uns dias de marasmo, sem nada para ser recomendado e com meu dinheiro parado lá na conta da corretora, finalmente chegou um alerta para comprar opções da Vale (VALEX58). Essa eu já conhecia!

A operação parecia um tanto diferente: eu ganharia dinheiro se as ações da Vale caíssem. Ok, já entendi que o mercado financeiro é louco mesmo…

A recomendação era para comprar as opções com preço entre R$ 0,50 e R$ 0,52. Consegui comprar a R$ 0,50:

Comprovante de compra de opções da Vale

Dia 26: 10/10/2016

Comecei perdendo dinheiro com minha nova opção. A ação da Vale subiu 6% e minhas opções caíram mais de 20%.

Tudo que ganhei na primeira operação (e mais um pouco) se foi.

Eu estava esperando a hora da virada, quando eu começaria a ganhar, mas a possibilidade era cada vez mais remota

Nos dois dias seguintes, a ação da Vale até caiu um pouco. Parece estranho torcer para a ação de uma empresa cair, mas essa era a estratégia.

Depois disso, as ações só subiram, o que era péssimo pra mim.

Quando completei trinta dias da assinatura, lembrei que essa era a data em que eu deveria ter R$ 227.000 de acordo com o marketing do relatório da Empiricus. Mas meu dinheiro continuava derretendo…

Eu estava esperando a hora da virada, quando a curva mudaria de direção e eu começaria a ganhar. Isso já tinha acontecido antes com a Braskem. Mas a coisa foi tomando uma proporção… a realidade é que essa possibilidade parecia cada vez mais remota.

Dia 47: 31/10/2016

As ações da Vale subiram quase 30% no mês de outubro. Se a operação fosse ao contrário, para apostar na valorização e não na desvalorização (como foi na primeira operação), eu poderia estar mais perto dos R$ 227.000.

Nesse dia, fui por curiosidade ver o que estava acontecendo com a opção da Braskem que eu tinha vendido… Adivinha?

Ela estava valendo mais de R$ 4. Eu vendi por R$ 1,40. Eu teria quase R$ 5.000 nesse momento se tivesse continuado com ela. Mas tinha que me contentar com os R$ 400 que me restavam.

Dia 56: 09/11/2016

Esse foi o dia em que o Trump foi eleito presidente dos Estados Unidos. O noticiário econômico só falava dos mercados despencando no mundo inteiro. Pensei que (finalmente!) a ação da Vale iria desvalorizar. Mas não!

Quando entrei no site da corretora, a Vale estava subindo 6% e minhas opções, derretendo. No final do dia, a ação fechou em alta de quase 8%. Nem o Trump salvou. Restavam agora menos de R$ 200.

A ação da Vale subiu mais de 50% desde que eu fiz a operação. Se a recomendação fosse para acreditar na valorização, eu teria me dado bem.

Daí em diante foi uma crônica da falência anunciada. A ação da Vale só subia, meu dinheiro estava virando pó. Fiquei à espera de um milagre.

Dia 96: 19/12/2016

Bom, nesse dia meu dinheiro oficialmente virou pó, porque a opção venceu e eu não poderia fazer mais nada dali para frente.

Foi só questão de esperar o vencimento para constatar de vez que meus R$ 1.500 se foram para nunca mais voltar

Já fazia vários dias que eu vinha observando que não tinha ninguém querendo comprar as opções da Vale. Não recebi mais alertas ou recomendações. Foi só questão de esperar o vencimento para constatar de vez que meus R$ 1.500 se foram para nunca mais voltar. A sensação foi a mesma de quando dei um PT no meu carro. Só que com as opções, eu não tinha seguro.

Colocando o custo da Empiricus na ponta do lápis

Em 96 dias, fiz três operações com opções.

Até dezembro de 2016 foram três meses pagos pela assinatura do relatório de opções, totalizando R$ 870 de mensalidades. Não pude cancelar a assinatura, porque ao comprar o relatório escolhi uma opção mais barata, que era “incancelável” por 12 meses. Então, sim, ainda estou pagando o relatório.

Ou seja, perdi R$ 1.500 com a estratégia e ainda paguei os R$ 870 da assinatura.

Meu prejuízo total até o dia 31/12/2016: R$ 2.370.

Prejuízo esperado quando terminar de pagar as 12 parcelas do relatório: R$ 4.980.

Agora pra mim é óbvio que acreditar nessas recomendações que prometem multiplicar o dinheiro várias vezes não se mostrou uma estratégia boa.

Acho que pra entrar nessa você tem que entender muito bem as regras do jogo. O pouco de conteúdo que pesquisei sobre opções me mostrava um monte de letras gregas e nomes em inglês, é um assunto bem complexo. Não parece um ambiente adequado para leigos como eu.

Uma coisa que depois me falaram e eu acho que faz todo o sentido: se essas estratégias são tão boas assim, por que os donos da Empiricus não estão aplicando seus próprios recursos nelas, em vez de perder tempo vendendo os relatórios pra mim?

Parece óbvio, mas não pensei nisso na hora. Me dei mal.

Alguns amigos mais próximos me perguntaram se eu não pretendia processar a Empiricus. Eu, não. Sei que nas letrinhas miúdas, lá no final de tudo, bem longe das letras imensas que anunciavam que eu poderia ficar rico, devia estar escrito que eu poderia perder tudo. Mas eu dei mais atenção à propaganda (enganosa).

Se eu puder ajudar algumas pessoas a não cometerem o mesmo erro, já me dou por satisfeito.

Quer entender melhor como funciona o investimento em opções? Preparamos um vídeo que toma como exemplo a primeira operação mencionada neste artigo. Assista aqui.

***

Você ou alguém que você conheça já assinou um relatório como esse da Empiricus Research? Como foi a experiência, semelhante à do Guilherme ou diferente? Nós queremos ouvir sua história. Conte pra gente nos comentários abaixo ou envie por e-mail para falacomigo@verios.com.brNós não publicaremos nada sem a sua autorização, e se você quiser nós podemos utilizar um nome fictício para proteger a sua privacidade.

É importante ressaltar que a Vérios não tem a intenção de fazer qualquer tipo de julgamento em relação à Empiricus. Não temos conhecimento suficiente sobre a empresa e fizemos questão de contatá-la a respeito do caso narrado pelo leitor antes de publicar este artigo. A empresa divulga em seu site depoimentos de clientes que tiveram experiências positivas com a assinatura dos relatórios, como os que podem ser encontrados nesta página, por exemplo.

Este artigo foi útil para você?
O que aconteceu quando assinei o relatório da Empiricus
4.8 (95.98%) 965 votes

Compartilhe:
26 de Janeiro de 2017
Ultima atualização: 17 de agosto de 2018

Você pode gostar também…

1010 56 2 min de leitura

Curso de investimentos para iniciantes: inscreva-se para videoaulas gratuitas

Criamos um curso de investimentos para iniciantes com videoaulas curtinhas e leves para você não se sentir mais perdido quando estiver planejando onde e como investir.

Continue lendo
455 14 5 min de leitura

12 dicas para superar uma grande perda financeira

Em tempos de crise como a que o Brasil está passando, com o desemprego em alta e famílias e empresas tentando equilibrar seus orçamentos, muita gente tenta proteger se...

Continue lendo
548 12 8 min de leitura

Investir em opções: o que é e como funciona

Você já ouviu falar em opções? Não, não nos esquecemos de uma palavra no fim dessa pergunta. Da mesma maneira que investimos em ações, é possível aplicar em op...

Continue lendo

Comentários