Orçamento pessoal: assuma o controle com o método dos envelopes

Orçamento pessoal: saiba como se organizar com o método dos envelopes

Se você é como a maior parte das pessoas, também se perde ao gerenciar a maneira como gasta o próprio dinheiro. O principal motivo disso é a contabilidade mental: nos sentimos “ricos” quando o salário cai na conta. Com isso, gastamos sem ter consciência de tudo que ainda precisa ser pago até o fim do mês. Não pensamos em como realmente queremos gastar nosso dinheiro.

Se você quer ter mais consciência dos seus gastos, direcionar seu dinheiro para coisas que realmente valem a pena e te deixam feliz, ou apenas busca um método realmente eficiente para organizar as finanças, está no lugar certo.

Em novembro deste ano, a Vérios organizou um evento no Google Campus São Paulo com o tema Assuma o Controle do Seu Dinheiro. Nosso CEO Felipe Sotto-Maior apresentou o método que usa para gerenciar suas finanças pessoais e que tem ajudado muitos amigos a viverem em paz (e mais felizes!) com o dinheiro, sem medo do final do mês.

A apresentação tem apenas 19 minutos. Assista ao vídeo e saiba como o método dos envelopes vai transformar a forma como você faz seu orçamento pessoal.

Por que o método dos envelopes funciona

Em vez de anotar despesas, você planejar como vai gastar seu dinheiro. Essa é a premissa do método dos envelopes. Olhe para frente, não para trás.

Para cada despesa, um envelope. Dentro dele, o dinheiro reservado para tal finalidade. Assim, você evita estourar o orçamento que precisa ser distribuído entre todas as despesas. 

É claro que esse método não é perfeito. Imagine sacar todo seu dinheiro e guardar em casa dentro de envelopes?!

O bom é que você pode seguir o método dos envelopes na nuvem, acessando pelo computador, tablet ou smartphone. Aqui na Vérios somos fãs do YNAB – You Need a Budget, empresa que oferece um software muito completo e inteligente para orçamento pessoal. Mas você não precisa comprar o serviço: pode usar o método para construir sua própria planilha de orçamento. Basta seguir as premissas.

Premissas do YNAB

As quatro premissas evangelizadas pelo YNAB sintetizam a essência do método dos envelopes. Confira:

1. Dê uma função para cada centavo

Estabeleça quanto você vai gastar com cada tipo de despesa ao longo do mês. Lembre-se de incluir suas contas fixas (como aluguel, luz, internet e condomínio), as despesas do mês (alimentação, transportes, remédios…), o valor necessário para quitar eventuais dívidas, suas reservas para investimentos e o quanto você irá gastar com itens mais supérfluos (diversão, restaurantes, compras).

2. Guarde para imprevistos

Não existem imprevistos. Pense bem. Natal, seguro do carro, viagem de férias… Você pode se planejar para todas essas despesas com antecedência, evitando assim um rombo no orçamento no momento em que elas acontecem. Se você reservar um pouquinho todo mês para essas despesas, quando elas aparecerem basta… pagar! O dinheiro está reservado para isso mesmo.

3. Seja flexível

É preciso ser flexível. É você quem manda no orçamento, e não o contrário. Gastar mais que o previsto em alguma despesa é normal. Nesses casos, cubra o valor extrapolado com o orçamento destinado a outras despesas supérfluas.

A principal vantagem aqui é que você não vai usar a contabilidade mental e ser surpreendido quando faltar dinheiro para outra coisa. Você vai tomar uma decisão consciente: em qual categoria (ou quais categorias) eu vou gastar menos, para cobrir esse gasto a mais. A relação de troca é clara e a escolha é pensada.

4. Viva com o salário do mês passado

O objetivo é criar um buffer, um colchão de segurança para que você não dependa do salário do mês para pagar suas despesas. Se você conseguir gastar um pouquinho menos do que seu salário, quando o salário do mês seguinte chegar você terá um pouco mais em sua conta. Se você está poupando 10% da sua renda, em 10 meses você tem um salário a mais em sua conta. O efeito positivo desse hábito ao longo da vida é incrível.

Não deixe de assistir ao vídeo acima e entenda os detalhes que fazem o método dos envelopes ser infalível. Gostaria de ver esse assunto ser mais abordado aqui no blog? Comente!

Orçamento pessoal: assuma o controle com o método dos envelopes
5 (100%) 22 votos

Categorias: Iniciante, Intermediário, Avançado, Planejamento pessoal, Cansou de ler sobre investimentos?
  • Wagner Sabor

    Esse YNAB é melhor que o Guia Bolso? Ele sincroniza automaticamente com os bancos brasileiros também?

    • Isabella Paschuini

      Eu gosto do YNAB por conta dessa metodologia de planejamento, Wagner. É mais que um app, sabe? É um estilo de vida. O GuiaBolso é bom também, com a vantagem de ser em português e conectar com a conta corrente (o YNAB é todo em inglês e só conecta com bancos gringos).

  • Carolina Walliter

    Isa! Eu AMO o Ynab! Já escrevi sobre ele no meu blog de tradução e falo dele para as pessoas sempre que surge oportunidade. Logo, fiquei muito feliz em saber que vocês também fazem happy budgeting!

    Podia rolar uma parceria entre Vérios e Ynab, hein… Contem comigo para facilitar a comunicação dessa tabelinha de ouro! Sou tradutora e intérprete, meu sonho dourado é que o Ynab perceba o mercado que ele pode ter aqui no Brasil e tope localizar todo o conteúdo do site, software e materiais educativos.

    Um beijo!

    PS: você é amiga de uma amigaaaaça minha carioca que mora aí em SP!

    • Isabella Paschuini

      Oi, Carol!

      Uma parceria dessas, bicho… Rs
      Seria um sonho mesmo, a gente se identifica muito não apenas com o método, mas com a “filosofia” do Ynab.
      Outro dia mesmo eu estava perguntando ao Felipe, que me apresentou o Ynab, por que será que não há uma fintech de budgeting crescendo no Brasil…

      Você já chegou a entrar em contato com eles? Adaptar ao mercado brasileiro os materiais seria um trabalho lindo pra você, eles têm muito conteúdo bom mesmo.

      Beijinhos!

      PS: Vou xeretar no Face quem é a nossa amiga em comum hehe 🙂

      • Carolina Walliter

        Ótima pergunta! O Felipe soube te responder? Também fiquei curiosa…
        Já entrei em contato e ficamos de conversar quando eles tivessem real intenção de se lançar no mercado brazuca. Fiquei feliz com a cautela deles, pois não partiram do pressuposto que traduzir e localizar um negócio é fácil, simples, rápido e “baratin”; é uma missão e tanto!

        Beijos

        PS: Já estamos conectadas em todas as redes, vamos manter contato! 🙂

  • Thiago Leão Moreira

    Sou novato no YNAB e estou curtindo… essa idéia de pensar no futuro e não no passado é f***! Pergunta: como vocês gerenciam os “empréstimos” feitos pra terceiros, por exemplo: eu sou sócio de um terreno com meu irmão e esse mês eu paguei o IPTU assim ele depositou a parte dele na minha conta, quando importei o OFX apareceu lá um “inflow” mas que não real não é!

    • Thiago Leão Moreira

      Dei uma pesquisada e achei esse post que direciona para um video bem didático.

      https://support.youneedabudget.com/t/k9k11c/lending-money-to-friends-family

      No entanto ainda não atendeu todas as minhas expectativas pois o meu problema é que eu uso a minha conta (corrente) somente para transitar o dinheiro dos outros, ou seja, o gasto não é meu. O que acaba alterando os meus números.