Quem está por trás dos fundos de investimento

Quando você aplica em um fundo, seja via uma gestora independente, seja via um banco, a estrutura envolvida é sempre a mesma: um grande banco para guardar o patrimônio, um administrador para garantir que as regras do fundo sejam cumpridas e uma equipe de inteligência para definir onde os recursos devem ser aplicados. Os fundos contam também com uma auditoria externa.

Essa divisão de tarefas entre várias instituições é um fator importante para a segurança dos fundos de investimento.

Abaixo, alguns detalhes sobre o papel de cada um dos participantes.

Gestor da carteira de investimento

Responsável pela gestão do patrimônio do fundo de investimento. O gestor poderá ser uma pessoa física ou uma pessoa jurídica, necessariamente registrados junto a CVM. Ele é a inteligência do fundo, é quem deve ser capaz de agregar valor aos seus investimentos.

Administrador

Responsável pelo controle de aplicação e resgates e pelo cálculo do valor da cota. Responsável ainda pela representação do fundo perante os órgãos de fiscalização do governo federal, CVM e Banco Central. O Administrador deverá ser uma instituição financeira aprovada pelo Banco Central.

Custodiante

Responsável pela guarda dos títulos que compõe a carteira de investimento do fundo, o custodiante deverá ser uma empresa com autorização do Banco Central para exercer essa função. Normalmente são grandes bancos, que respondem pela guarda dos ativos de um fundo e pelo envio de informações dos fundos para os gestores e administradores.

Distribuidor

Possui a função comercial entre investidores e fundos de investimento, sendo responsável por entender o perfil do cliente e recomendar investimentos adequados, esclarecer dúvidas e manter as informações dos fundos atualizadas.

Corretoras

Realizam as compras e vendas dos ativos sob a ordem do gestor, informam as operações para os administradores e enviam os ativos adquiridos para o custodiantes. Um fundo pode utilizar mais de uma corretora, ao contrário dos outros participantes que são únicos.

Auditor independente

Fiscaliza todas as operações para verificar se realmente ocorreram e se foram praticadas dentro dos padrões e preços de mercado.

CVM

A CVM (Comissão de Valores Mobiliários) é a responsável pela regulação e fiscalização do mercado financeiro. Todos fundos de investimento precisam ser autorizados pela CVM e são constantemente fiscalizados por ela. A política de investimento, os riscos e as taxas cobradas são alguns dos itens fiscalizados.

banner-ebook-fundos

Quem está por trás dos fundos de investimento
4 (80%) 4 votos

Categorias: Fundos de investimento