Serviço de investimento automatizado: o que é e como funciona

SIA

Se você já não vive sem Google, WhatsApp, Waze, e outras facilidades que a internet traz, o conceito de serviço de investimento automatizado (também conhecido como robo-advisor) vai soar interessante para você. É uma novidade que está dando muito certo no exterior.

Todos esses serviços que mencionamos e muitos outros disponíveis vêm mudando radicalmente a forma como nos comunicamos e resolvemos nossos problemas. Eles facilitam a nossa vida, não é mesmo? Com investimentos, não é diferente. E não estamos falando de internet banking nem de home broker.

Os serviços de investimento automatizado usam a tecnologia para resolver alguns dos principais problemas do mercado de investimentos tradicional, como a dúvida sobre onde investir, a dificuldade de rebalancear a carteira, o conflito de interesses dos consultores e os altos custos de administração e corretagem.

Como funcionam os serviços de investimento automatizado

Na prática, funciona assim: diferentemente de um assessor que ouve e anota algumas informações em uma folha de papel ou em uma planilha, os dados (como aplicação inicial, idade, tolerância a risco) são enviados por uma página na internet. O algoritmo – ou o consultor-robô – determina, em poucos segundos, a alocação adequada para seus investimentos. Mas, como ele define a alocação?

Aí está uma das principais vantagens: a decisão sobre os ativos em que você deve investir deixa de ser um sofrimento. A alocação é determinada por uma metodologia de diversificação definida pela equipe de gestores e programada nos algoritmos da empresa. A maioria dos robo-advisors utiliza uma metodologia reconhecida com o Prêmio Nobel da Economia, a Teoria Moderna do Portfólio, desenvolvida pelo matemático Harry Markowitz e aprimorada pelo economista William Sharpe (já ouviu falar do Índice de Sharpe?). É a mesma que muitos gestores ativos usam como base para sua gestão.

Banner 2

Em geral, as carteiras são construídas com classes de ativos representativas de amplos setores da economia e que tenham baixo custo (vamos falar mais sobre custos logo abaixo). Numa carteira feita para o cliente brasileiro, por exemplo, entrariam títulos públicos de inflação e de juros, e ações (por meio de ETFs). Uma vez definida e validada a alocação, as ordens de investimento podem ser feitas automaticamente via corretoras.

Rebalanceamento automático

Pense em um profissional que trabalha no Google – aliás, os profissionais das empresas do Vale do Silício foram os primeiros a se tornar clientes da maior empresa desse segmento, a Wealthfront. Esse profissional certamente tem uma vida atribulada, e não quer perder tempo decidindo sobre assuntos que não entende, ou tendo que administrar vários investimentos diferentes para diversificar sua carteira. Mas também não confia totalmente no gerente do banco nem nos consultores de investimento.

Então ele decide usar um serviço de investimento automatizado. Quando ele faz uma movimentação, não precisa decidir de onde vai resgatar ou onde vai aplicar. O algoritmo faz as contas e o rebalanceamento da carteira de investimentos é automático. Em outras palavras, o valor que o cliente aplica é dividido proporcionalmente entre os ativos que compõem sua carteira. Que sonho, não?

E como esse é um serviço de acompanhamento permanente, dentro de um ambiente dinâmico de mercado, as carteiras também são rebalanceadas para realizar ganhos ou corrigir distorções da carteira em relação à alocação pretendida. Esses rebalanceamentos costumam ocorrer a cada 6 ou 12 meses, ou quando a carteira se afasta da alocação escolhida.

Custos baixos para um investimento de longo prazo

Além de simplificar o processo de tomada de decisão do investidor, o serviço de investimento automatizado tem um forte diferencial competitivo: os custos baixos. Dificilmente a taxa cobrada por uma carteira diversificada passa de 1% a.a., ao passo que diversos produtos no mercado financeiro brasileiro cobram taxas superiores a 2% a.a.. A diferença parece pouca?

Diversos estudos têm mostrado o impacto dos custos sobre a construção do patrimônio financeiro no longo prazo, mas uma conta simples ajuda a dar a dimensão das coisas. Pagar 1% ao ano, ao invés de 2%, resulta num patrimônio 22,5% maior ao final de 20 anos1. Agora ainda parece pouco? É mais de um quinto da sua reserva para a aposentadoria. Se você considerar que seu horizonte de investimento talvez seja de 30, 40 anos, a diferença só aumenta.

É o fim do relacionamento pessoal?

A automatização amplia a oferta de um serviço de qualidade, reduzindo o custo em relação ao modelo tradicional de investimento com banco ou assessor. Ainda traz a vantagem de afastar possíveis desvios morais na determinação dos produtos que vão compor uma carteira de investimento.

Diferentemente de muitas alocações feitas com base nas percepções ou intuições dos assessores, ou orientadas para produtos que rendem maiores comissões às instituições, a Teoria Moderna de Portfólio trabalha com modelos matemáticos amplamente testados e dados estatísticos.

Embora muitas pessoas valorizem o atendimento, a simpatia e a amizade de seus assessores, é importante lembrar que eles estão sujeitos a apresentar os produtos que ofereçam melhor comissão, colocando o interesse do cliente em segundo plano. É o conflito de interesses, um problema sério do mercado brasileiro, sobre o qual temos nos esforçado para aumentar a consciência dos nossos leitores.

Mas o “automatizado” do serviço não significa que não há humanos por trás. A metodologia de investimento é acompanhada de perto por um time qualificado de profissionais. E especialistas ficam disponíveis para auxiliar os clientes com seus investimentos, quando necessário.

Comodidade, segurança e paz de espírito

Parece que já deu para perceber que, nos serviços de investimento automatizado, tudo é feito sem sair de casa ou sem ter que receber um profissional para atendê-lo pessoalmente. Você fica no controle dos seus investimentos.

Um dos serviços disponíveis no exterior costuma dizer que seus clientes têm “paz de espírito”. Isso porque o serviço de investimento automatizado procura afastar a ansiedade do investidor em relação aos movimentos do mercado. Considerando que o patrimônio do cliente está diversificado de acordo com uma metodologia já bastante testada, em produtos de baixo custo, com objetivos de longo prazo e com rebalanceamento automático, o nível de tranquilidade aumenta.

Oscilações, boatos e ruídos do mercado possuem pouca ou nenhuma interferência sobre a estratégia de longo prazo, evitando que sejam cometidos erros emocionais, seja pelo assessor ou pelo cliente.

No mundo e no Brasil

Os principais serviços de investimento automatizado disponíveis hoje para quem reside nos Estados Unidos são oferecidos pelas empresas Wealthfront, Betterment, SigFig e MarketRiders. Na Inglaterra, a principal opção é o Nutmeg. Todas elas oferecem um serviço sofisticado de gestão de patrimônio, sem as altas taxas tradicionalmente cobradas pelos advisors.

Ao ver o crescimento desse novo tipo de consultoria, algumas grandes instituições financeiras, que se desenvolveram nas últimas décadas com o modelo intensivo em força de vendas, começaram a dar os primeiros passos para tentar entrar nesse mercado. A gigante Charles Schwab lançou sua versão do serviço há algumas semanas, mas começou com o pé esquerdo: os concorrentes e alguns jornalistas acusaram a empresa de falta de ética e transparência com relação às suas taxas e decisões de alocação2.

No Brasil, bem, há bancos de investimento, gestoras de fortunas e consultores que oferecem alocação sofisticada,  baseada na Teoria Moderna do Portfólio. É claro, isso tem um custo bem alto. Mas o “automatizado” ainda não existe. Ainda.

Nós da Vérios acreditamos fortemente nesse modelo, que está revolucionando o mercado de investimentos no exterior. Ele incorpora de forma plena conceitos que já buscamos desde o começo da nossa trajetória, lá com o Comparação de Fundos, como alinhamento de interesses, transparência, diminuição de custos e praticidade. E permite que as pessoas possam construir seus patrimônios de longo prazo bem longe dos ruídos e armadilhas do mercado financeiro.

Quer simular um investimento na carteira inteligente, o nosso serviço de investimento automatizado? Clique aqui, responda algumas perguntinhas e descubra a alocação recomendada para o seu perfil.

 

1Memória de cálculo:

x = valor investido
r = retorno anual

Resultado com taxa de 1% a.a. = x . (1+r)20 . 0,9920
Resultado com taxa de 2% a.a. = x . (1+r)20 . 0,9820

Diferença percentual =
= {[x . (1+r)20 . 0,9920] / [x . (1+r)20 . 0,9820]} – 1 =
= (0,9920 / 0,9820) – 1 =
= 22,51%

2Veja a acusação, feita pelo CEO do Wealthfront em seu blog. Para ver a resposta da Schwab, leia esta matéria do jornal USA Today.

Categorias: Aposentadoria, Como funcionam, Planejamento pessoal, Plano de investimento, Serviço de investimento automatizado
  • Alex

    Olá, gostei do artigo. Não gostei do fato que no Brasil, ainda nada…
    Mas não há possibilidade de usar um serviço automatizado estrangeiro?
    E qual é a previsão para termos o serviço aqui?

    • Olá, Alex.
      Nos EUA, você precisa ter um Social Security Number, declarar impostos no país e ter um endereço fixo por lá. Não é tão simples…

      Por aqui, as coisas vão mudar em breve. Se quiser ser um dos primeiros a saber do lançamento, basta inscrever seu e-mail no campo que está no topo da nossa Home: http://www.verios.com.br.
      Abs,
      Felipe

  • Elda Araújo

    Excelente e esclarecedor, como sempre, os textos da Vários. Parabéns! Adoro.

    • Elda Araújo

      Vérios*

    • Isabella Paschuini

      Em nome da equipe, muito obrigada, Elda! Ficamos muito felizes com o seu comentário.

  • Mark

    Legal, mas faltou explicar melhor como será o serviço ou, ao menos, quando serão divulgadas as informações. O texto fala que vai ser o primeiro e depois nem toca mais no assunto…

    • Olá, Mark. Estamos trabalhando muito para trazer inovação ao mercado brasileiro. Em breve, abriremos mais detalhes aqui no blog. Mas se você estiver muito curioso, pode deixar seu e-mail no formulário da nossa página inicial (www.verios.com.br, logo abaixo do título “Novidades a caminho”), e vamos contar para você o que já está acontecendo, em primeira mão.
      Abs,
      Felipe

  • Super Suporte

    Fantástico! Sem duvida é um modelo de investimento que irá causar uma disrupção nesse mercado.
    Só fico apreensivo pois, infelizmente, no Brasil parece algo muito, muito a frente do nosso tempo.

    Não entendam mal, e sim como um desafio. Hoje, mesmo com tudo acontecendo na cara das pessoas, informação acessível e até acesso acessível através do ambiente digital, muitas pessoas ainda prefere deixar as economias na poupança, não querem nem imaginar como aplicar em tesouro direito ou qualquer coisa melhor.

    Acredito muito no trabalho da Verios, a ideia é visionaria, estou torcendo e acompanhando.

    Sucesso,
    Fabiano

    • Obrigado, Fabiano!
      Acredite, vai acontecer em breve. Já está quase tudo pronto.
      Abs!

    • Olá, Fabiano!!
      Voltei para te passar uma atualização. O serviço já está funcionando!
      Estamos rodando uma fase beta que começou com uma meia dúzia de clientes e já conta com mais de uma centena.
      Assim que o novo sistema de acompanhamento da carteira online ficar pronto (uma versão melhorada do atual), abriremos ao público em geral. Mas já é possível simular um investimento e deixar seu nome na lista de espera para conseguir acesso antecipado.
      Abs!

      • Super Suporte

        Obrigado pelo retorno! Recebi o convite a alguns dias, devo dizer que o site é muito bonito e agradável e a ferramenta de simulação clara e facil de usar! Parabéns, está um excelente trabalho.